domingo, 28 de agosto de 2011

Amanhecer



Título original: Breaking Dawn
Autora: Stephenie Meyer
Nº de páginas: 753
Editora: Gailivro
Colecção: 1001 Mundos

Sinopse
«Para Bella Swan, o amor inelutável por um vampiro enreda-se, de um modo fantástico e terrível, com a realidade perigosamente opressiva. Impelida, num sentido, pela sua paixão intensa por Edward Cullen e, no outro, pela ligação profunda ao lobisomem Jacob Black, Bella enfrentara um ano tumultuoso de tentações, perdas e conflitos que a irá colocar perante um momento final e decisivo. A escolha eminente entre ingressar num mundo tenebroso mas sedutor dos imortais, ou prosseguir uma existência inteiramente humana é o fio do qual se suspendem os destinos dos dois clãs.

Agora que Bella já tomou uma decisão, uma cadeia perturbante de acontecimentos sem precedentes está prestes a desenrolar-se, antevendo efeitos potencialmente devastadores e incomensuráveis. Quando os fragmentos corroídos da sua vida - inicialmente desvendada em "Crepúsculo", e, depois, estilhaçada e dilacerada em "Lua Nova" e "Eclipse" - parecem prestes a sarar e a unir-se num todo, será que irão terminar destruídos... Para sempre?»

Opinião
Embarquei nesta leitura como quem se atreve a viajar rumo ao paraíso. Estava muito ansioso, embora relutante ao que poderia acontecer no final desta saga que me surpreendeu de diversos modos ao longo dos seus volumes. Pensei que, dada a dimensão deste final, muito iria acontecer e assim muito iria mudar no destino das personagens.

E, sem grandes demoras, nos primeiros capítulos isso mesmo acontece. Ora pois essa reviravolta, que nem o leitor nem os protagonistas aguardavam, transforma um calmo ambiente de festa num momento de pânico. Tem começo uma nova preocupação que solicita a atenção e delicados cuidados por parte dos próximos de Bella e Edward, que de súbito se apercebem que estão numa situação crítica da sua relação, manifestando pela primeira vez o verdadeiro perigo de um amor entre uma humana e um vampiro.

A instabilidade presenciada até este ponto elucida-se num possível rompimento de laços outrora muito fortes, que se vão tornando cada vez mais susceptíveis. Não só com Edward, mas também com as restantes personagens que não perdem a sua importância, como o pai e a mãe de Bella e o seu grande amigo, o confidente Jacob.

Aliás, Jacob é aquele que mais se evidencia como a vítima de tal possível quebra. A escolha da autora ao dividir este livro sob o ponto de vista de duas das personagens, Bella e Jacob, que na minha opinião não é nada que mereça aprazimento, reflecte o perfil de alguém cuja confiança foi distanciada e que embora permaneça alguém especial na vida de Bella, se sente rebaixado com o desprezo que lhe é dado. Os "livros" de Jacob expõem demasiado o outro clã (o grupo dos lobisomens) e demonstra, por vezes, um exagero dos seus sentimentos quando aquilo que devia importar seria o estado de Bella e não a história de uma alcateia de membros molestos que retiram à acção principal o seu destaque.

Excluindo este ponto negativo, os acontecimentos continuam a ser relatados de uma forma agradável, talvez até um pouco tranquilos demais, mas que ditam os pensamentos finais da narradora sob a sua condição de mortal.

Nessa transição existe o suspense que eu já esperava e que me cativou mais do que alguma coisa no livro, o que eu lamento que não tenha acontecido mais vezes. O momento alto da narrativa encontra-se aqui, sendo o que se encontra depois um claro forçamento para abrandar o derradeiro fim da saga já que a acção se prende no mesmo local sem a dinâmica necessária para a tornar menos monótona.

O tão aguardado final deixou-me um quanto desapontado pois esperava muito mais espírito paranormal investido em acção, como já foi visto em Eclipse, e o que disso se conseguiu notar foi insuficiente para o final que a saga merecia ter.

Justo e feliz para os protagonistas, embora demasiado pacífico, o término da saga Luz e Escuridão desencadeou em mim uma certa ternura, um contentamento por ver chegar ao fim uma história de um amor diferente, emblemático e cativante, que me para além de me oferecer muitas páginas de leitura com imensas descrições e diálogos, também me deu a oportunidade de visitar um universo encantador habitado por personagens igualmente fascinantes.
    

0 comentários:

Enviar um comentário