sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Novidade Vogais: "Acabou-se a Festa!" de Pedro Cosme Vieira


   Um livro corajoso que ninguém quis prefaciar

  Em Acabou-se a Festa: Soluções Ousadas para Reerguer portugal, já à venda em todo o país (16,99€), Pedro Cosme Vieira, professor de carreira na Faculdade de Economia da Universidade do Porto, faz uma análise descomprometida e arrojada do estado caótico das finanças e da economia portuguesas, traçando cenários de evolução a curto e médio prazo bastante divergentes daqueles que são apontados pelo Governo e largamente difundidos pela maioria dos meios de comunicação jornalísticos.

   Esta interpretação corajosa da saúde financeira e económica de Portugal é acompanhada de um enquadramento no contexto europeu e internacional que oferece ao leitor uma perspectiva abrangente dos problemas nacionais.

     Mas Pedro Cosme Vieira não se limita a traçar cenários: apresenta sugestões concretas e detalhadas para o futuro do país, possivelmente polémicas, mas devidamente consubstanciadas com dados e fontes insuspeitos. Todo o livro é perpassado por um tom irónico, muito próprio do autor, que surpreende pelo carácter inédito no discurso de um professor universitário sobre temas complexos e não raras vezes apresentados de forma asséptica, livre de emoções, de propostas concretas e contracorrente. Um livro que apresenta soluções arrojadas, mas, na sua opinião, inevitáveis para que Portugal afaste definitivamente a crise.

O autor
   Pedro Cosme Vieira nasceu no Porto em 1965 e é, há 22 anos, professor de carreira na Faculdade de Economia da Universidade do Porto, onde tem leccionado principalmente Microeconomia, Matemática Financeira e Informática.
  É licenciado em Engenharia, que exerceu durante apenas 20 semanas, mestre em Macroeconomia, doutorado e agregado em Microeconomia, sempre pela Universidade do Porto.
 Considera que, por causa da sua dedicação total ao estudo e ensino das ciências económicas, não fez mais nada que valha a pena referir, pelo que tem a ilusão de que no futuro vai ser recordado por este livro.

0 comentários:

Enviar um comentário