terça-feira, 19 de julho de 2016

Novidade Pergaminho: "Guia de Um Astronauta para Viver Bem na Terra" de Chris Hadfield



Ano de edição ou reimpressão: 2016
Encadernação: Capa mole
Nº de páginas: 296
Classificação: Autoajuda

Sinopse
«A 20 de julho de 1969, o pequeno Chris Hadfield assistiu (como o resto do mundo) a um dos momentos mais icónicos da História: Neil Armstrong a caminhar na Lua, a dar aquele «passo gigantesco para a humanidade» que voltou a despertar em todos nós a capacidade de sonhar. Nesse momento, aos nove anos de idade, Chris Hadfield tomou uma decisão: iria ser astronauta.
Havia uma série de problemas em passar da quinta onde vivia, nas profundezas de Ontário, para a academia da NASA (nomeadamente, o facto de o Canadá não ter um programa espacial e de a NASA aceitar apenas cidadãos dos EUA). Mas, como Chris Hadfield descobriu, quando se quer realmente uma coisa, aprende-se a transformar os obstáculos em oportunidades de aprendizagem e crescimento… O coronel Chris Hadfield já passou mais de 4000 horas no espaço - e décadas a treinar para o fazer. Apesar de toda a preparação, teve de saber lidar com os mais estranhos imprevistos, tais como forçar a entrada numa estação espacial com um canivete suíço, fazer uma pequena cirurgia em gravidade zero, livrar-se de uma cobra viva enquanto pilotava um avião e ficar temporariamente cego no exterior de uma nave espacial - em órbita!
Através de todo o seu treino e determinação, e graças aos imprevistos com que se deparou e às aventuras que viveu, o coronel Chris Hadfield foi aprendendo lições que se aplicam tanto à vida no espaço… como na terra.»

O autor
O coronel Chris Hadfield é um dos astronautas mais experientes e de maior sucesso do mundo. Foi o melhor aluno da escola de pilotos de testes da Força Aérea dos EUA no ano em que se formou e piloto de teste do ano da Marinha dos EUA, em 1991. Em 1992, foi selecionado como astronauta. Foi diretor de operações da NASA na Rússia, chefe da divisão de Robótica no Centro Espacial Johnson e chefiou as operações na Estação Espacial Internacional, onde também exerceu o cargo de comandante. As suas espantosas fotografias tiradas do espaço e os seus projetos educativos sobre Astronomia valeram-lhe um reconhecimento a nível internacional.

0 comentários:

Enviar um comentário